tayana passos consultoria de relacionamento e bem-estar

Home | Empresa | Serviços | Mídia | Contato

     

 


A evolução na relação mãe e filha

A relação mãe e filha tem uma característica dferente em cada fase da vida.

A relação entre mãe e filha começa muito antes do que a filha   provavelmente se recorda. A mãe com certeza se lembra quando tudo começou, dês do teste de gravidez, das sensações durante a gestação e o primeiro choro quando ela nasceu. A filha é muito especial para a sua mãe, ela recebe os cuidados dela com muito carinho. A mãe lhe protege e mantém as condições para que ela sobreviva enquanto ela não pode fazer isso sozinha.

Enquanrto bebê, mãe e filha são quase uma só pessoa, ambas estão ligadas de forma psíquica a partir do afeto, e de certa forma física, a partir da amamentação e dos cuidados de higiene. Quando a filha completa cinco anos, já quer usar os acessórios da mãe, usar sua maquiagem, suas roupas e perfumes. Nessa fase a mãe é modelo de mulher, de feminino, é uma referência para que a filha aos poucos possa formar sua própria identidade, com semelhanças e diferenças.

Durante a adolescência, a fase da admiração pela mãe tende a diminuir, e a filha começa a achar a mãe antiquada. É neste momento que as amigas se tornam mais interessantes, pois compartilham idéias em comum, e sem críticas. Nessa fase a mãe deve perceber que é importante dar espaço e liberdade para a filha fazer suas escolhas, mas ao mesmo tempo estar atenta as amizades e comportamentos da filha.

O tempo passa e a filha se transforma em uma mulher adulta. Além da mãe e filha fazerem compras juntas, e talvez serem íntimas uma da outra, pode existir por parte da mãe o receio de que a filha não escolha as opções que ela acredita serem as corrteas para a sua vida. Esta atitude pode levar a mãe a manter a relação com angústia, podendo ter dois extremos: ou afasta ou superprotege a filha.

A relação mãe e filha possui um peso grande para ambas, a mãe faz tudo pela sua filha, sempre pensando no melhor para ela. A filha aprende com sua mãe muito do que sabe. Tudo o que é ditto entre mãe e filha é interpretado com um peso maior do que se fosse ditto por outra pessoa, desta forma, o que a mãe e a filha dizem uma para outra, seja de forma cuidadosa ou não, não teria o mesmo peso se fosse dito por uma amiga, por exemplo.

Muitas mulheres acreditam que a relação entre mãe e filha tende a ser mais compreensível quando a filha torna-se mãe, uma vez que a filha passa a sentir as angustias e receios que sua mãe sentia. Existe também a mudança do foco da atenção, que era sempre na filha, e que passa a ser no neto. A filha começa a admirar o desempenho da mãe com os cuidados com o bebê e a mãe se sente útil, fazendo parte da vida da filha.

A partir da evolução da relação mãe e filha é possível compreender como a oscilação de sentimentos acontece em cada fase da vida, e que em cada uma delas ambas tem muito a aprender uma com a outra.

A Consultoria de Relacionamento & Bem-estar auxilia a resgatar ou aprimorar o bom relacionamento entre mãe e filha. Por conta do cotidiano agitado e inúmeros outros fatores, muitas vezes o relacionamento pode se desgastar, e ambas esquecem que podem ser amigas, mesmo que, a relação não seja perfeita.

Por Tayana Passos
Consultora de Relacionamento & Bem-Estar

 

Leia também outros artigos:

Voltar



 
(41) 3232-7097
(41) 9898-2021
tayana passos tayana passos